terça-feira, 22 de outubro de 2013

Tempero mineiro para Michael




Se Michael Jackson é hoje um gênio pop, boa parte disso se deve aos dotes culinários e à insistência de uma senhora mineira para forçá-lo a se alimentar.Radicada em Los Angeles desde 1969. A chefe de cozinha Raimunda Pereira Vila Real, de 83 anos, foi responsável pela sua alimentação de 1981 a 1984.

Dona Remy, como é conhecida por lá, conta que o cantor não gostava de comer. Vegetariano, Michael era ruim de garfo. Ela lembra que tinha até de tratá-lo como criança – novamente a Sindrome de Peter Pan, o menino que se recusava a crescer:

- Ele era vegetariano e gostava mais de melancia, tomar laranjada e um pouco de peixe. Ele comia só um pouquinho. Para fazê-lo comer, praticamente tinha que fazer aviãozinho com a colher.

- Depois das 16h, ele não comia nada por causa dos shows e das gravações – conta ela, apresentada ao astro por seu produtor, Quincy Jones:

- Eu trabalhava para o Quincy Jones. Um dia, num banquete, estava o Michael Jackson. Ele gostou da comida e fomos apresentados. Seguiamos a mesma religião (eram testemunhas de Jeová) e foi assim que tudo começou.

Prova da sua competência pode ser vista nestes 25 anos, desde 1984. Michael definhou e morreu com 51kg num corpo de 1,79m. Bem diferente dos anos 80, quando vestia jaquetas com braços à mostra e exibia alguns músculos.

POR: Marcelo Dias

FONTE: Texto retirado do jornal Extra do dia 30 de junho de 2009, todos os direitos reservados.

Um comentário:

  1. Até o Michael comia pouco e pesava 51 kgs e eu aqui com meus 85 kgs .-.

    ResponderExcluir

Gostou? Sinta-se livre para deixar seu comentário aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...